A América do sul e o desenvolvimento sustentável: compromissos para a viabilidade do buen vivir
PDF

Palabras clave

Buen vivir
desenvolvimento
sustentável
economia
justiça
política

Cómo citar

Zambam, N., & Fernandes de Aquino, S. (2016). A América do sul e o desenvolvimento sustentável: compromissos para a viabilidade do buen vivir. Civilizar: Ciencias Sociales Y Humanas, 16(31), 151-176. https://doi.org/10.22518/16578953.647

Resumen

O continente sul americano tem o compromisso com a afirmação da democracia e a sustentabilidade devido à sua integração cultural e à geografia ambiental. A partir da cultura indígena do buen vivir esta investigação tem como objetivo geral investigar como esta proposta pode trazer outras alternativas às propostas para um desenvolvimento sustentável na América do Sul não contempladas por teorias europeias ou norte-americanas. O método utilizado é o indutivo. No final, verificam-se significativas adversidades para se constituir uma vida digna pelo desenvolvimento sustentável na América do Sul, dentro do trinómio economia, justiça e política, pois qualquer perspectiva sobre o desenvolvimento que se procure como elemento de transformação não pode ser fundada num processo de desmedida exploração de pessoas e ecossistemas.

https://doi.org/10.22518/16578953.647
PDF

Una vez publicado, los derechos de impresión y reproducción son del Universidad Sergio Arboleda. Es potestativo del editor permitir la reproducción del artículo.

 

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.